domingo, 19 de fevereiro de 2017

SUCESSO


                            

Os valores socialmente instituídos na nossa vida, nos quais nascemos e fomos educados, implementaram na maioria de nós pelo menos a ideia de que temos de suplantar os padrões existentes na sociedade e assim atingir a excelência. Esta excelência, assim se crê, conduz inevitavelmente a uma maior valorização / reconhecimento,  seja sob a forma de admiração pública, income financeiro, ou outra, o que nos permite obter um maior grau de satisfação pessoal. Isto fez e faz com que algumas pessoas se especializem em áreas nas quais são boas ou nas quais esperam obter estabilidade financeira, ou só porque vamos caminhando no sentido daquilo que esperam de nós social e familiarmente. Mas será esta a opção que nos conduz ao verdadeiro sucesso, aquele que nos preenche num todo? 

Muitos de nós ainda temos presente as respostas a uma pergunta de lugar comum: [ o que queres ser tu quando cresceres ? ] - Bailarina. Bombeiro. Camionista. Médico. Mãe. Político. Diplomata. Princesa. Rei de um reino distante. Na maior parte dos casos estas respostas perderam-se no tempo. O que nos fez abandonar os sonhos que tinhamos quando eramos pequeninos? Onde perdemos nós a capacidade de vermos o mundo com a mente de uma criança? 

Estou certa que, tal como eu,  desde cedo também existia uma voz que vos sussurrava ao ouvido e que vos fazia sonhar com um sem número de coisas que gostariam de alcançar. E todos nos lembramos desses sonhos. E todos fomos crescendo e sonhando [ sonhos ] novos e maiores. Na realidade, eu acredito verdadeiramente que bem no intimo de cada um de nós existe o saber de que tudo está ao nosso alcance. Intimamente todos acalentamos o desejo de ir mais além. Então onde é que o mecanismo emperra? Quando nos rodeamos de limites auto-impostos, boicotando tantas vezes todas as áreas da nossa vida porque nos deixamos submergir pelas dúvidas e pelos medos [ acrescidos pela opinião dos que tudo acham mas nada sabem]. E passamos a achar que os nossos sonhos não passam de fantasias. Duvidamos permanentemente do conjunto de capacidades que dispomos para FAZER. Porque constantemente nos desculpamos com a falta de recursos, sejam eles cognitivos, financeiros, de tempo ou qualquer outro. E como se nada disto fosse já o suficiente ainda achamos que não somos merecedores de coisa alguma e que na realidade tudo é para os outros, e ESTA é a crença que mais nos quebra as pernas na hora de passar à acção. 

E a ti ? Sim, a ti. Quais os sonhos que te guiariam para o sucesso, aquele sucesso que te preencherá o todo, num todo ? Quem és ? O que te move? Porquê ? Para quê ? 

Quantas vezes já te sentaste ao fim de um dia de esforço titânico e percebeste que empenhas diariamente a tua vida e todos os seus recursos consideráveis em prole de objectivos que não têm nada a ver com o teu propósito individual [ aquele que vem lá detrás, de quando em criança tinhas a resposta na ponta da lingua e ficavas sem ar quando dissertavas sobre o assunto deixando os adultos trilhados de espanto ]. Quantas vezes não te revês no que fazes ou nas pessoas que te rodeiam. 

Na verdade, na nossa vida e de forma por vezes inconsciente, reproduzimos padrões, modelos sociais, na esperança que isto nos conduza ao grau de excelência que esperam de nós e que esperamos de nós mesmos. Mas não. Nada satisfaz. Nada está bem. Nunca vislumbramos essa excelência, que outros até nos encontram mas nós não. Por conseguinte não somos felizes. 

O que nos guia para o sucesso, o tal sucesso, é a descoberta do nosso propósito individual. E como sabemos que o encontrámos? Quando o sucesso acontece de forma natural e irreversível. O sucesso que tem pouco a ver com o ego e sim com a descoberta de um EU superior com o qual se experencia a magia da gratidão plena [ aquela que gera lágrimas de inspiração e sobre a qual já muito escrevi ]. Encontraste o teu propósito quando mergulhas num vortex que concilia o instinto e a vocação natural, a mente e toda a dimensão intelectual e o espirito, com toda a vontade e amor. O vortex em que se aliam forças de aptidão mas também de conhecimentos e competências adquiridas de forma sustentada tudo isto misturado com entrega, devoção e A M O R. Este é o lugar onde o S U C E S S O acontece. Acredita.