domingo, 28 de dezembro de 2014

Conspirações de amor



Quem ama, cuida, nutre, protege e acima de tudo não atraiçoa, nem nos grandes, nem nos pequenos pormenores da vida. O valor e a recompensa que chega à nossa vida vinda desta forma de estar com o outro, não tem preço e não a conseguimos alcançar em mais sítio algum. Aplica-se a parceiros, mães, pais, irmãos, amigos, aqueles que são tudo isto verdadeiramente. Quem ama só conspira a favor do outro. A conspiração de excelência que eleva o outro ao melhor dele próprio. Nem sempre se concorda. Nem sempre se tem o tempo ideal para que nos dediquemos de forma ímpar. Nem sempre estamos, nós próprios, em condições de fazer escolhas sábias. Mas ainda assim o amor, esse amor, sente-se porque ele sai pelos poros, faz brilhar o olhar. O amor conspirado no seu estado mais puro, aquele que traz a fortuna que não se contabiliza, esse que só está ao alcance dos que já trabalharam para ele, dos que de forma continuada o fazem crescer, esse que nos enche de paz interior.