quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Deste 2015


E existe um elemento comum em todos os teus escritos de ano novo. Esse que já iniciaste. Esse ano novo que muitos comemoram, iniciam, reorientam daqui a poucas horas. Nos teus escritos de ano novo encontras a fé em cada sílaba, porque sabes que é no acreditar do que não se vê, mas, espera que a magia do que se constrói com o pensamento toma forma. Dos pensamentos que são claros, cada vez mais coerentes, e mais luminosos que nunca. E plantas e plantarás todos os dias um pedacinho do teu jardim dando a cada detalhe um especial cuidado porque sabes que este jardim não é só para ti. Este jardim vai encher de borboletas, cores e aromas os que amas. E, é neste, que é o milagre do amor, que se vão expandir os pilares fundamentais da tua vida. E sim. O senhor 2015 vai ser o ano de todos os anos.