segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

9/2 de um tempo infinito



Por uma qualquer razão que não sabes explicar, sempre te habituaste a pensar e a dizer alto e em bom som que "se fosse fácil não era para ti". Criaste para ti o hábito e habituaste os outros a pensarem e a dizerem o mesmo. Assumiste sempre isso como algo pertencente à ordem divina, permitindo uma exaustão que nem sempre conseguiste controlar. Hoje e por saberes coisas que anteriormente não sabias, passaste um conjunto de etapas que te permitem uma determinação diferente. Hoje, 9/2 de um tempo infinito, determinas que o fácil é para ti, o descomplicado, o sol, o riso, a vibração do verde, o mar na hora das gaivotas, o branco das paredes, a cor dos objectos, o cheiro a bolo acabado de fazer, a contemplação do que te prolonga, tudo isto é para ti. E aceitas, duplicando em cuidado e replicando a paz que sentes.