quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

#registosmuitopessoais [ porque isto não é um lifestyle blog ]

   

Hoje, termina um mês que me fecha um ciclo, não um ciclo de doze meses antes sim um ciclo como alma. Um ciclo de vida. O último ano por ser o fim de uma fase foi exigente, por vezes demasiado, confesso, tanto que em alturas específicas a única forma de sobreviver foi olhar para além do que a vista alcança. Não lamento uma única desilusão que tenha tido e agora que penso nisso foram muitas e enormes. Com elas Deus encaminhou-me para o patamar seguinte. E sou também grata imensamente grata por cada momento de brilho pois em cada um deles aprendi a sonhar mais e melhor. E nisto de acreditar muito que #ahoradeserfelizeagora é de coração aberto e de mente focada que se entra numa era nova. #welcome2016