quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Um Natal E S P E C I A L


A cada ano que passa o Natal assume mais e mais espaço na minha vida. Estranho, podem pensar, agora que tenho as crianças a crescer a um ritmo alucinante. Mas é verdade. Ao pensar sobre isso consigo encontrar as razões para tal. Os anos passam e o Natal que já foi em tempos idos um momento de ansiedade louca, tem vindo a transformar-se num momento tranquilo onde repleta de uma serenidade que nem sempre sei de onde vem [ ou talvez saiba ] consigo estar, fazer e acima de tudo S E R um pouco mais Natal de uma forma exactamente como penso que o Natal deva ser. Sem presentes caros. Mas com a partilha do melhor que podemos ser. Sem dúvidas infundadas sobre o que não podemos controlar. Mas com a aceitação de que tudo acontece para o nosso bem supremo [ mesmo quando não nos parece ].  Sem tudo o queríamos ter. Mas dando tréguas às dores infinitas desta e de outras vidas. Sem aquela plenitude. Mas com a certeza plena de que o ser  que o espelho reflete será melhor amanhã. Sem que se tenham todas as pessoas fundamentais ao redor. Mas tornando-nos presentes verdadeiramente na vida daqueles que não abdicam de nós. Assim é, todos os anos um bocadinho mais. A cada dia 8 de Dezembro a árvore recebe mais três enfeites novos. O dia que a casa se transforma para receber Jesus. Dia da Imaculada Conceição. Dia da Mãe [ assim o aprendi com a minha avó ]. Dia que representa para nós [ familia ], um ritual que sei encher de luz o coração dos meus filhos de uma forma muito especial.  #dezembro #prepararonatal