terça-feira, 30 de agosto de 2016

Nunca parar


                                  

  


Quando tomas consciência de que és o resultado directo ou quase directo, dos livros que lês, das [ viagens ] que fazes, das pessoas que amas e daquelas de que te fazes rodear, do que comes, da forma como reages aos estímulos exteriores e do grau de influência que permites que tenham no teu interior, do amor [ aquele amor, único, que deves sentir por ti, e que nada tem a ver com o ego ], ganhas um nível de poder intrinseco do qual nunca mais te vais querer afastar. Isto grava-te a ferro quente na alma que cada segundo é uma escolha pessoal e intransmissível. Isto torna-te a cada dia, mais e mais responsável, por ti, pelo teu mundo fisico e etéreo. Por isso nunca te vais esquecer  que só aqueles que arriscam ir longe, podem descobrir até onde se pode chegar e que o teu lugar é lá, aquele, dos teus sonhos e não vais parar, não vais mesmo parar até que te vejas lá e, no entretanto, respira, com o mais doce amor, o fabuloso caminho. #sonharenuncaparardefazer.